Dia Mundial da Fotografia: no ângulo de um fotógrafo

Quinta-feira, 19 Agosto 2021

Celebramos o Dia Mundial da Fotografia com o fotógrafo e formador, Ricardo Dias, responsável pelos cursos: Fotografia e Vídeo com Smartphones e Introdução ao Fluxo Fotográfico Digital.

Falamos sobre o MOOC Introdução ao Fluxo Fotográfico Digital, o seu fotógrafo favorito e como tirar boas fotografias com smartphones.

Ricardo Dias, fotógrafo e formador do CENJOR
Ricardo Dias, fotógrafo e formador do CENJOR
#1 Hoje é o Dia Mundial da Fotografia! Sendo um Professor e Fotógrafo ao mesmo tempo, o que representa este dia para si?

Neste dia mundial da fotografia, como fotógrafo, é a confirmação do reconhecimento da fotografia como arte maior e de pleno direito, entre tantos outros meios de criação intelectual.

Como professor, em particular em Portugal, é com uma enorme satisfação que vejo o crescimento da formação em fotografia, inserida no ensino oficial (profissional, politécnico e superior), provando que é uma profissão e atividade como as restantes.

#2 O que mais o apaixona na fotografia? Tem algum fotógrafo que o fascine e/ou gostaria de recomendar algum trabalho?

O meu desafio como fotógrafo é não me ficar por aquilo que os meus olhos veem, mas ir aquém e além de um simples ato de visualização mecânico. Intervir e não contemplar, ou como costumo dizer aos meus alunos “olhar e ver não são a mesma coisa”.

Fotógrafos seriam muitos, com toda a certeza, mas deixo uma referência - Robert Mapplethorpe.

#3 Numa altura em que os smartphones se encarregam das fotografias instantâneas, que conselhos dá para quem utiliza apenas estes aparelhos?

Que se concentre no olhar e não na técnica. Este dispositivo, apesar de permitir muito controlo (que muitos desconhecem) é um dispositivo apropriado para um tipo de fotografia mais descontraída e informal. É um extraordinário dispositivo para, apenas para dar um exemplo, construir memórias, seja de uma viagem, de um percurso curto ou mesmo de uma vida.

Autoria: Ricardo Dias
Autoria: Ricardo Dias
#4 O que é um fluxo fotográfico digital? Qual a sua importância para quem quer trabalhar com fotografia?

Um Fluxo pressupõe um conjunto de abordagens, estratégias e métodos orientados, com um princípio, um meio e um fim. Este processo pretende-se sistemático e objetivo, de forma a ajudar os fotógrafos a organizar convenientemente as suas imagens, a revelar e/ou editar as mesmas e a prepará-las convenientemente para um determinado meio de saída.

Há um pressuposto subjacente ao mesmo, principalmente orientado para fotógrafos profissionais – otimizar todo o processo para a máxima produtividade.

#5 O que vão aprender os participantes do curso Introdução ao Fluxo Fotográfico Digital? Destaca algum módulo em particular para quem está a dar os primeiros passos na área da fotografia?

Recomendo a visualização atenta ao vídeo de introdução a este curso, aqui https://www.nau.edu.pt/pt/curso/introducao-ao-fluxo-fotografico-digital/

E não, o Curso está estruturado de forma única e funciona como um todo.

#6 A Plataforma NAU tem correspondido às suas expectativas? Para si qual é a maior vantagem da sua utilização?

A plataforma NAU tem correspondido integralmente às minhas expectativas, mas o mais importante é perceber se tem correspondido às expectativas de quem se inscreve e frequenta os diversos cursos.

A vantagem da NAU é que o conhecimento é levado ao maior número de pessoas possível, com conteúdos de alta qualidade. O conhecimento será tanto mais eficaz quanto mais partilhado for.

Visite e conheça o nosso paraceiro CENJOR!

A plataforma NAU é um serviço gerido pela unidade FCCN da Fundação da Ciência e a Tecnologia (FCT)